Da página ao play

O pequeno príncipe: adaptação tão linda quanto o livro

4 de dezembro de 2018

Meu pai costumava dizer que O pequeno príncipe é um livro para ser lido aos 10 anos, depois aos 20, aos 30 e assim por diante. Por que, segundo ele, cada vez que você o lê, extrai novos aprendizados. Tanto que eu ainda era bem pequena, quando ele comprou um exemplar e fez eu e minha irmã lermos. E é, até hoje, um dos livros mais bonitos que já li. O pequeno príncipe narra a história de um principezinho que está viajando por aí e acaba se perdendo no deserto. Lá, ele encontra um piloto, que está preso por que seu avião quebrou. Em dias de convivência, o piloto e autor do livro, vai conhecendo um pouco mais sobre a história do garoto e todas as lições que ele tem para ensinar.  

Continue Reading

Li, Gostei, Resenhei

Livro das Princesas: novos contos de fadas por 4 autoras

3 de dezembro de 2018

Autora: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate, Patrícia Barboza;
Editora: Galera Record;
Páginas: 288;
Sinopse: As mais populares autoras contemporâneas norte-americanas, Meg Cabot (‘Diário da Princesa e A Mediadora’) e Lauren Kate (Fallen), se unem às brasileiras e igualmente bem-sucedidas Paula Pimenta (‘Fazendo Meu filme’) e Patricia Barboza (‘As mais’) em uma coletânea que reinventa contos de fadas clássicos e traz para a realidade das crianças e jovens de hoje em dia. Uma Cinderela Dj, uma Rapunzel popstar, a Fera se apaixona por uma supermodelo, e existem unicórnios na história da Bela Adormecida. (Skoob)

Continue Reading

Check-in

Itajaí e Florianópolis: 4 praias para conhecer em Santa Catarina

2 de dezembro de 2018

Quem disse que só de Nordeste viverá os fãs de praia? A verdade é que tem muitas praias para conhecer no sul e sudeste do país. Como andei batendo perna por Santa Catarina resolvi fazer uma lista das 4 praias que mais gostamos de conhecer. Também cheguei a ir na Ilha do Mel no Paraná, mas isso já é assunto para outro post! Durante a viagem, conhecemos praias em Itajaí, Balneário Camboriú e Florianópolis. Mas, Balneário não chegou a nos encher os olhos. Já as praias que conhecemos nas outras cidade, principalmente em Itajaí, nos conquistaram bastante. Talvez por serem praias bem limpas, além de terem um visual natural muito bacana. Enfim, chega de conversa e vamos a lista!

Continue Reading

Popcorn

Crônicas de natal: o filme que faltava para essa época do ano

1 de dezembro de 2018

Gênero: comédia, aventura;
Ano: 2018;
Roteiro: David Guggenheim, Matt Lieberman;
Direção: Clay Kaytis;
Sinopse: Dois irmãos (Judah Lewis e Darby Camp) tentam provar que o Papai Noel é real filmando-o com uma câmera. Quando causam acidentalmente uma queda do seu trenó em Chicago, eles precisam ajudar a recuperar o Natal antes que tudo esteja arruinado. (Filmow)

Continue Reading

Rédestaca

Novembro: Angèle, Paraíba, Hilda e muito mais

30 de novembro de 2018

Aí meu Deus, só faltam 31 dias para o ano acabar. Quanto tempo eu dormi?! Como o ano tem passado para você, rápido ou voando? Você já fez tudo o que queria? O que te espera nesse próximo mês? Por aqui temos grandes planos de reformas e lançamentos para o blog. O que me lembra que: estamos de colunista nova na equipe. A Jéssica Patrine é uma jornalista de Santos (SP) e leitora do blog desde 2013. Só que agora, como colunista, Patrine vai falar de música por aqui, a partir de janeiro. Mas, a sua grande estreia foi agora em Novembro, com uma resenha de Me chame pelo seu nome. Com certeza, sua chegada por aqui é o nosso principal destaque de Novembro. Entretanto, temos várias indicações que você pode conferir agora!

Continue Reading

Rádio RM

Playlist especial: Festa do pijama ft. 2beekind

30 de novembro de 2018

No mês passado, conheci as meninas do 2beekind, a Paula e a Júlia! Elas são incríveis e é impossível não virar fã, desde o primeiro segundo que você as conhece. Ou, desde o momento que você passa no insta da 2beekind. São muito rainhas acessíveis sim e a amizade foi instantânea. Portanto, para celebrar essa amizade e as férias que estão chegando para muitas das nossas leitoras, resolvemos criar uma playlist mega especial em conjunto. Agora, você já tem a trilha sonora perfeita para tocar na festa do pijama que vai organizar. E, se não for o caso, a playlist está ótima também para dançar sozinha no quarto. Ou, quem sabe, cantar aos berros no carro. 

Continue Reading

Being Êrica

Amoor.co: nasce um novo projeto para falar de amor

29 de novembro de 2018

Hoje vim falar de amor. Aliás, não é de qualquer amor. É do meu amor mais recente, filho de amores antigos que tenho. Sempre fui apaixonada por ler e ouvir histórias. De todos os tipos. A partir daí, me apaixonei por escrever e sonhei anos a fio com o meu primeiro livro. Foram esses amores que me fizeram parar nas cadeiras do curso de jornalismo e lá o amor por comunicar passou a transbordar. Se o jornalismo literário vem caindo em desuso, com o fim das crônicas em jornais impressos, sou eu quem quero trazê-lo de volta a vida. E foi o que fiz. Escrevi meu primeiro livro aos 20 anos, com crônicas derivadas de histórias reais. A partir daí, dia 28 de novembro de 2018, parimos a Amoor.co. E apesar de ser um parto, não foi uma gestação prolongada. 

Continue Reading

Favoritando

Orphan Black: 5 motivos para maratonar agora mesmo

28 de novembro de 2018

A série estreou em 2013 e durou até 2017, tendo 5 temporadas. Sarah é a personagem principal, meio rebelde e considerada a ovelha negra da família. Quando está mais perdida que tudo, Sarah vê uma mulher se jogar na frente de um metrô. Mas, segundos antes da mulher se jogar, ela deixa sua bolsa no chão da estação e olha rapidamente na direção de Sarah. Para seu desespero, ambas tem o mesmo rosto. Apesar de desesperada pelo suicídio da mulher misteriosa, Sarah rouba sua bolsa e assume sua identidade. O que lhe leva a conhecer os segredos mais profundos daquela mulher. Incluindo, o fato dela estar investigando por que existem tantas mulheres com o rosto igual ao delas. Sarah se une aos outros clones em busca de resposta e a nossa cabeça não para de explodir. Episódio após episódio.

Orphan Black é uma das minhas séries favoritas. Mas, como ela já está meio antiga e foi finalizada há algum tempo, eu fico na dúvida se devo resenhá-la ou não! Entretanto, nada como ter outras alternativas. Sendo assim, cá estou eu, para te contar 5 motivos pelos quais você deve maratonar Orphan Black agora mesmo! 

Continue Reading

Para amar

Plutão já foi planeta: nem só de axé sobrevive o nordeste

27 de novembro de 2018

Que o axé é a cara do Nordeste, ninguém pode negar. Mas, não é só desse ritmo musical que a região sobrevive não. Afinal, tem muita banda boa que toca outros ritmos por lá. Dentre elas, está a banda A Plutão Já Foi Planeta, fundada em Natal (RN), em 2013. Inclusive, começaram como uma banda cover de MPB e hoje produzem um som voltado para o indie rock. Na época, a banda se chamava Beto Rockfeller e era composta por Gustavo Arruda, Sapulha Campos, Rafael Bezerra e Gustavo Matos. Até que eles começaram a pensar em colocar um diferencial na banda, um vocal feminino. Dessa maneira, encontraram a Natália Noronha, que já escrevia suas próprias canções e as divulgava na internet.

Continue Reading

Li, Gostei, Resenhei

Cidades de Papel – John Green

26 de novembro de 2018
cidades de papel
Livro: Cidades de papel;
Autor: John Green;
Editora: Intrínseca;
Páginas: 366;
Sinopse: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia. (Skoob)

Continue Reading