Easy & Chic

Cropped: Um ato de amor

8 de setembro de 2019

 

Você precisa ler esse texto porque seu umbigo quer ser livre com cropped.

 

Hoje eu tô-que-tô, hein?! E já vou começar te ensinando um mantra: “Minha barriga é linda, eu a amo e vou mostrar isso pro mundo!”. Primeiramente, leia o mantra mais duas vezes (2x) e logo depois volte aqui pra continuarmos nossa prosa, tá?! Então tá, vai lá!

Vai por mim, colocar o umbigo para jogo sem preocupação é um ato (e tanto) de amor ao seu corpo. É isso mesmo, AMOR, com todas as letras: A-M-O-R. Da mesma forma como quando estamos apaixonados e queremos mostrar nosso amor para a pessoa, nós, que somos movidos a sentimentos, precisamos AMAR nosso corpo. Afinal, uma forma de amar é o que, menines? Isso mesmo: MOSTRANDO!

Continue Reading

Chá das 5

Chá das 5: conheça a nova categoria e nossas novas metas

31 de agosto de 2019

Frase motivacional sobre metas

Último dia do mês, há 2 anos, vem sendo marcado por posts com toda a equipe por aqui. Só que, nesse mês de agosto, tivemos mudanças na equipe e, consequentemente, o Rédestaca acabou perdendo o lugar. Em partes por que já estavamos querendo dar uma mudada no conteúdo que produzimos. Em partes por as vezes o mês não ter tantos destaques úteis. Em partes por que ia ser um post tão longo, já que agora a equipe é maior, que não teria graça de ler. Mas, como ainda queremos manter essa troca pessoal entre a equipe e vocês, criamos uma nova categoria. O Chá das 5 nasceu da necessidade de continuarmos juntos compartilhando experiências e da vontade de realizar metas. Entretanto, como ninguém é de ferro e sempre precisamos de um empurrãozinho aqui e outro ali, quando criamos metas juntos e damos apoio uns aos outros, fica mais fácil, né? 

Continue Reading

Dois Quartos

Vai ler esse texto? Boa sorte. Você vai precisar

28 de agosto de 2019

Imagem de trevo de quatro folha, simbolo da boa sorte

Gente, seguinte. A coluna nem começou e eu já quero mudar.

Na verdade, não serão grandes mudanças. Mas a proposta é escrever como se eu estivesse conversando, desabafando, me abrindo pra uma amiga(o). Sem muitas regras, sem muito pudor, sem papas na língua, às vezes sem muito sentido e da forma mais sincera. Acho que vai ficar muito parecido com a forma que eu escrevo no whatsapp. Não exatamente na ortografia, não vou exagerar na linguagem da web, mas vai sair muita coisa sem filtro, exatamente como eu penso.

Então, se gostou, bate palma, se não gostou, me processa.

Dito isso, segue o texto:

Continue Reading
Patrinando

Fique em silêncio

27 de agosto de 2019

Eu sei que é um título estranho para uma coluna sobre música, afinal silêncio é o oposto de tudo que abordo aqui. Porém, por mais que a ideia pareça estranha, permanecer em silêncio também é uma boa ideia. Por mais que eu goste de sair, dar rolês e ir em shows, sou introvertida. Quando falo isso, as pessoas costumam estranhar já que a introversão é erroneamente ligada a timidez. Nem todo introvertido é tímido, mas todos precisam ficar sozinhos para recarregar as baterias, principalmente a mental.

Continue Reading

Acesso B

Materiais de desenho: 4 indicações para iniciantes

25 de agosto de 2019

A coluna vai começar a passar por uma certa transição esse semestre, a ideia é expandir os temas de posts para além da cultura coreana, abrangendo outros temas mais gerais. Sendo assim, o primeiro post dessa nova fase é sobre materiais de desenho. Para isso, eu escolhi quatro técnicas de pintura e alguns materiais para quem está interessado em começar. As indicações de marcas são em relação as que eu conheço e já utilizei, pois cada material tem uma gama bem grande de opções no mercado. Portanto, se você está começando, vá testando diversas marcas e produtos. Assim você descobre os materiais de desenho que mais gosta e o que te deixa mais confortável na hora de praticar. 

Continue Reading

Favoritando

Para seguir: 6 fotógrafos maravilhosos de Porto Velho

21 de agosto de 2019

Fotografia é uma das artes mais bonitas e valiosas na minha opinião. Afinal, é uma outra forma de contar histórias. Sobretudo porque marca momentos, registra a moda da época, guarda memórias. É lindo e tem muitos fotógrafos cada vez melhores nesse processo de registrar. Visto que, fotografar não é só apertar um botão, né? É preciso ter todo um cuidado na hora de configurar o equipanto, editar as fotos e, principalmente, o olhar para compor a foto. Pois é o olhar do fotógrafo que vai fazer a diferença no registro. Hoje em dia, as fotos estão ganhando um ar mais natural e suave. Sendo assim, aquelas fotos posadas e mecânicas vem perdendo espaço por aqui. Graças aos céus! Enfim, chega daquelas plumas anos 2000 e dos ensaios de quinze anos esquisitos.

Continue Reading

Azar Crônico

Relacionamentos: o objetivo de estar junto é somar

15 de agosto de 2019

Esses dias, saindo do mercado, quando entrei no carro, um rapaz bateu no vidro. Abaxei o vidro, para entender do que se tratava e ele me entregou um cartãozinho da esposa, que vende tonalizantes. Ou seja, ele percebeu que, com o cabelo colorido, eu estou dentro do público-alvo dela e não perdeu tempo na hora de divulgar. Dias depois, encontrei ele na farmácia e vi ele distribuindo o cartãozinho mais uma vez. Desde o primeiro contato, admirei a determinação em apoiar o trabalho da esposa. E comecei a refletir várias coisas sobre relacionamentos. Hoje em dia, na internet, existem uma porção enorme de posts “goals” em que compartilham algo de um relacionamento. E, se eu fosse criar uma lista de goals para os relacionamentos da minha vida, com certeza, ter alguém que me apoie estaria no topo.

Continue Reading

Dois Quartos

Padrão dos Três C’s: oi, dúvidas e outros assuntos mais

14 de agosto de 2019

Um belo dia, Êrica Blanc, a excelentíssima dona e proprietária deste blog por você acessado, me perguntou se, tendo uma coluna na internet, sobre o que eu iria gostar de escrever. Eu, de mãos dadas com meu ascendente em virgem, mandei uma lista de categorias para ela. Com subcategorias.

O Ré, sendo diverso e democrático, fala sobre tudo o que eu gostaria de escrever: feminismo, gastronomia, cultura, comportamento. Então, era um match. Sendo assim, fui incumbida de escrever uma coluna. Fui incumbida de dar um nome a essa coluna. Foi me dado uma data pra começar e uma frequência. Pude escolher sobre o que eu queria escrever.

Pronto. Tudo lindo, tudo decidido, tudo encaminhado.

Continue Reading

Patrinando

Filipe Catto: Vênus contemporânea

13 de agosto de 2019

Sabe aquele artista completamente singular e que parece simultaneamente uma mistura bem-sucedida de outros? E que te impacta à primeira ouvida? Um exemplo extremamente claro disso é Filipe Catto, cantor gaúcho que com certeza merece ser mais (re)conhecido.

Ele me lembra muito os maravilhosos Ney Matogrosso e Marina Lima. A voz límpida e cristalina prende o ouvinte. As letras são fortes e verdadeiras. A persona ultrapassa várias coisas: gêneros, estilos musicais, moda. É como se fosse um furacão brilhante, que arrasa não só a superfície, mas como arranca tudo do chão. Na turnê O nascimento de Vênus, Catto brilha tal qual a deusa romana do amor, que foi representada na pintura homônima de Botticelli. Aliás, o amor é tema recorrente nas canções de Catto: paixões avassaladoras, fortes desilusões e vinganças, tudo com bastante densidade.

Continue Reading

Li, Gostei, Resenhei

O último adeus – Cynthia Hand

12 de agosto de 2019

Foto da capa do livro O último Adeus

Autora: Cynthia Hand;
Editora: Darkside;
Páginas: 352;
Sinopse: O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto?

Continue Reading