Rádio RM

Playlist: Músicas para ouvir na estrada

22 de fevereiro de 2019

Viagens são bem legais. Conhecer novos lugares, pessoas, comer pratos diferentes, reunir os amigos ou a família para pagar mico. Mas, às vezes o trajeto, seja de barco, avião, carro ou ônibus, pode ser meio tedioso, ainda mas quando dura mais de duas horas. Essa playlist é para todos os mochileiros, viajantes ou para quem está planejando a primeira ida. Portanto, são músicas para ouvir na estrada. Não importa o destino, o que realmente vale a pena é a experiência e a companhia. Caso esteja só, pode ser uma experiência de autoconhecimento tremenda. Quando viajamos, um pouco de nós se modifica para sempre. Passamos a ver a cidade em que moramos com outros olhos. Enxergar o mundo de forma mais ampla. Não ter tanto pré julgamento com pessoas.

Continue Reading

Azar Crônico

Você é tudo isso sim: aceite os elogios que recebe

21 de fevereiro de 2019

Estou aqui há algum tempo pensando sobre como posso tornar esse texto algo que não pareça auto-ajuda. Nada contra a auto-ajuda, se ajudar de fato alguém. Aliás, ajudar alguém é exatamente o que quero fazer aqui. Mas, olha esse título! Não tenho para onde correr, mas espero que eu consiga. Entretanto, chega de prolongar a conversa auto-ajuda sim ou não e vamos ao que interessa. Na semana passada, durante a Campus Party, conversando com a Juçara, minha amiga e criadora do 1 minuto nerd, ela me falou sobre como as pessoas tendem a achar que você não é humilde se você aceita um elogio.

Mas, sejamos sinceras, não é um problema das pessoas em geral. Na verdade, nós MULHERES tendemos a não aceitar os elogios que recebemos. Ou a diminui-los. Sério, alguém me explica: por que fazemos isso? “Você é linda” “Magina, são seus olhos”. “Você é talentosa” “Nem sou, mas obrigada”. “Você é inteligente” “Ah, que é isso!? Você que é”. E, se por acaso, uma mulher aceita o elogio e só agradece, lá vem os julgamentos. “Nossa, que arrogante” “Se acha” “Metida”.

Você é tudo isso sim

Quando digo que isso é algo exclusivo das mulheres, é por que nunca vi um homem tentar suavizar um elogio que recebeu. Em geral, eles fazem muito gosto em apenas agradecer e seguir o baile normalmente. E ninguém julga ou pensa que ele é arrogante, por ter aceitado de braços abertos um elogio. Mesmo que, na maioria das vezes, eles já estivessem esperando receber o tal elogio. Mas, a gente não. É sempre diminuindo, suavizando e contornando, sem necessidade, um elogio sincero. Meu Deus, já tem muita gente para te colocar para baixo. Para diminuir os seus talentos.

Você é tudo isso sim e não precisa se desculpar por isso. Talvez você seja a dona dos melhores doces. Ou escreva roteiros como ninguém. Ou talvez você faça as melhores ilustrações que as pessoas vão ver. E, muito provavelmente, você sabe. Lá no fundo, você sabe. Talvez você ainda tenha muito a aprender, por que sempre temos mesmo. Mas, isso não desmerece o quanto você já produz algo com qualidade. Portanto, tá tudo bem receber elogios por algo que você é ou que sabe fazer. E tá tudo bem só agradecer. “Muito obrigada, é muito bom ouvir isso”. Agradecer um elogio que recebeu não vai te fazer ser uma pessoa arrogante.

Desde que você não se baseie apenas em elogios para construir a pessoa que quer ser. Desde que esteja ciente de que pode sempre melhorar. Receba de braços abertos os elogios, agradeça e continue fazendo por onde. A gente já tem que se esforçar tanto para merecer elogios sinceros. A gente já tem que se provar o tempo todo, principalmente em ambiente de trabalho que, se você não for a primeira a reconhecer os seus talentos, ninguém vai fazer isso no seu lugar. Auto-ajuda ou não, espero que esse texto faça você se olhar com mais carinho e reconhecer que você é tudo isso sim!

Favoritando

Para viciar: 4 séries viciantes produzidas pela Netflix

20 de fevereiro de 2019

Carnaval chegando e você ainda não escolheu o que vai maratonar? A Netflix produz bastante conteúdo de qualidade. Além, é claro, de incluir outras produções em seu catálogo. Portanto, costuma ser quase impossível decidir o que vamos escolher para ver naquele momento do dia. Principalmente, quando estamos entediados e nada parece bom o suficiente. Mas, é importante saber, existem muitas séries viciantes por lá. Para quebrar seu galho, escolhemos 4 séries, voltadas para comédia dramática, que amamos e recomendamos. São séries simples, doces e apaixonantes. Logo, são séries bem viciantes também. Mas, apesar de terem causado um burburinho após os lançamentos de temporadas, ainda tem muita gente que não viu. Sendo assim, se você não assistiu alguma delas ainda, corre que dá tempo de amá-las. 

Continue Reading

Da página ao play

O nome da morte: como podem ter feito isso com o livro?

19 de fevereiro de 2019

Meu primeiro contato com o livro O nome da morte, foi em 2013. Eu tinha acabado de entrar na faculdade de Jornalismo e o autor Klester Cavalcanti veio contar um pouco da sua experiência na Síria. Mas, no evento, ganhei o livro em questão de um professor. Assim como foi meu primeiro contato com a trama, foi também meu primeiro contato com algo escrito pelo autor. Para quem não conhece, o livro conta a história real de Júlio Santana. Um pistoleiro, brasileiro que matou 492 pessoas e anotou o nome de todas, o mandante e quanto ele recebeu por cada crime. Inclusive, clique aqui para ler a resenha do livro. Esse é o tipo de livro que te impacta por tanto tempo, que fica até dificil esquecer a história.

Continue Reading

Li, Gostei, Resenhei

Contos da Seleção – O Príncipe e o Guarda

18 de fevereiro de 2019

Autora: Kiera Cass;
Editora: Seguinte;
Páginas: 264;
Sinopse: Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger.

Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer. Leitura indispensável para os fãs de A Seleção, esta antologia inclui, ainda, um final estendido do conto O Príncipe; conteúdos extras exclusivos, como uma entrevista com a autora e dados inéditos sobre os personagens; além dos três primeiros capítulos de A escolha, o aguardado desfecho da trilogia, que será lançado em maio de 2014. (Skoob)

Continue Reading

Tapa Virtual

Uma onda de desastres e solidariedade.

17 de fevereiro de 2019

Não vou negar: 2019 não tem sido um ano muito fácil até agora. Chegamos no segundo mês do ano, porém  já passamos por desastres que ainda não acreditamos. Somente nessa semana escutei e li sobre as dificuldades do ano nos mais diversos lugares. Primeiramente, precisamos aceitar que coisas ruins acontecem, mas isso não quer dizer que podemos causar elas e sair impunes. Há muita coisa pra se fazer antes de 2019 terminar. Continue Reading

O Pasquim

André Dahmer: um bate-papo sobre tecnologia #CPBR12

17 de fevereiro de 2019

André Dahmer é um quadrinista e desenhista, do Rio de Janeiro. Inclusive, você deve conhecê-lo das tirinhas publicadas na Folha de S. Paulo ou na Revista Piauí. Além disso, produz a série Malvados, que é frequentemente postada nas redes sociais do autor. Consiste, principalmente, em personagens de traços simples e com críticas irônicas e precisas. Ele participou de um painel no estande do SESC da Campus Party Brasil com o tema “Experiências literárias e tecnológicas”. A mediadora foi a Ju Wallauer, do podcast Mamilos. Junto com ele, André Vallias, poeta, e Samira Almeida, editora de livros digitais, contribuíram para o bate-papo com opiniões fundamentadas e falas esclarecedoras.

Continue Reading

Para amar

Campus Pride: conheça o projeto LGBTQI+ na Campus Party

16 de fevereiro de 2019

Presença LGBTQI+ na Campus Party Brasil

Quem acha que na Campus Party Brasil só tem homem hétero cisgênero (quem se identifica com o gênero que nasceu) está enganado. Além de ter aumentado consideravelmente a participação de mulheres, tanto quanto público como palestrantes, neste ano, também há maior presença do público LGBT+. O Campus Pride existe desde 2014, ou seja, está presente há cinco edições do evento. Até ano passado, chamava-se Campus G. Mas com o aumento de pessoas lésbicas e bissexuais, decidiram mudar o nome para que fosse mais inclusivo.

Continue Reading

Para amar

Especial #CPBR12: Conheça o projeto More Grls

16 de fevereiro de 2019

Amamos projetos incríveis. Principalmente quando são feitos pensando em pessoas e, melhor ainda, se forem feitos por mulheres. Foi então, que durante a Campus Party 12, conhecemos o projeto MORE GRLS s e nos encantamos. Pensado para mulheres que trabalham como criadoras/criativas, o MORE GRLS vem para nos ajudar a conseguir mais espaço em áreas que são muito ocupadas por homens. Em seu site oficial, as criadoras dizem que “A indústria da comunicação sempre contribuiu para a cultura machista. Criou estereótipos como os da “família margarina” e da “gostosa da cerveja”. Não à toa, a maioria das mulheres não se sente representada na propaganda, apesar de formar 85% do poder de compra”.

Continue Reading

Popcorn

Um lugar silencioso: exibido pela Telecine na #CPBR12

16 de fevereiro de 2019

Gênero: drama, terror, thriller;
Ano: 2018;
Roteiro: John Krasinski, Scott Beck, Bryan Woods;
Direção: John Krasinski;
Sinopse: Em uma fazenda dos Estados Unidos, uma família do meio-oeste é perseguida por uma entidade fantasmagórica assustadora. Para se protegerem, eles devem permanecer em silêncio absoluto, a qualquer custo, pois o perigo é ativado pela percepção do som.

Continue Reading