Azar Crônico

Para o pai da Êrica: te escrevo com todo amor que tenho em mim

6 de junho de 2019

Lembra que você costumava brincar que viveu 50 anos da vida, fez muitas coisas, para no fim ficar conhecido como “o pai da Êrica”? Você fez muitas coisas mesmo. Teve mais 4 filhos além de mim. Mais 2 esposas além da mamãe. Viajou por tantos lugares, conheceu tantas coisas. Se aventurou tantas vezes, que as coisas do cotidiano não conseguiam te prender facilmente. Até chegar ao fim de uma faculdade foi uma luta, né? Pelo simples fato de que rotina te entediava mais do que entedia a maioria das pessoas. Você foi economista, você morou na Nigéria por um ano, você levou asfalto para vários lugares. Incluindo a Bolívia. Mas, no fim, você decidiu ser o pai da Êrica com todo o amor que tinha em ti. 

Continue Reading

Favoritando

5 motivos para amar pequenas livrarias e sebos

5 de junho de 2019

Livrarias já são, por si só, lugares maravilhosos e aconchegantes. Quem ama ler, se sente abraçado ao chegar em uma livraria. Mas, pequenas livrarias e sebos são ainda melhores, na minha opinião. O cheirinho de livro novo se misturando com as páginas amarelas e já gastas dos livros usados. Histórias sendo contadas em dedicatórias e nas frases marcadas. Além disso, você sempre tem a oportunidade de ajudar outras pessoas, passando livros para frente, ou comprando de pequenos empreendedores. Mas, tem mais, e eu te conto nessa listinha aí:  

Continue Reading

Patrinando

Qual é a música da sua vida?

4 de junho de 2019

Hoje o post vai ser diferente: quero conversar. Não acredito em um amor romântico para a vida inteira e nem que o melhor amigo (a) não mude também. Tudo é passível de mudança. Mas uma das poucas coisas que ainda não mudou é a música da minha vida. Desde os meus 10 anos é Under Pressure, do Queen com David Bowie. Foi paixão à primeira ouvida e é a única música que me arrepiou desde o primeiro acorde. 

Ouço Under Pressure em todos os momentos: triste, alegre, com raiva, querendo descansar, não importa. Já outras músicas, só consigo ouvir em momentos específicos, como Who Wants to Live Forever, também do Queen. Essa música me acalma em momentos em que estou extremamente ansiosa. Aliás, caso não saibam, Queen é a minha banda favorita. Mas não vivo só de rock britânico. Gosto muito de ouvir Feeling Good, da Nina Simone, durante as madrugadas tomando um chá. Creio que essa música deve ser ouvida quando o ambiente está em absoluto silêncio para a voz da Nina preencher tudo. Não se deve ouvir Nina Simone em vão.

Já quando estou me arrumando para uma festa ou balada, tenho que escutar LoveGame, da Lady Gaga. É meu esquenta: começo a dançar. Às vezes borro a maquiagem por conta disso, mas tudo bem. Telephone, da Gaga com Beyoncé, costuma vir em seguida. E por aí vai. Música me ajuda a entrar no clima, seja qual for. Consigo compreender melhor o que estou sentindo, pensando e o que quero fazer. Ou simplesmente abstrair de tudo e me deixar levar pela batida e letra. A sensação de estar na pista de dança e pensar somente em dançar é extremamente libertador para mim. E vocês? Quais músicas ajudam a te libertar, relaxar, pensar? Também se sentem assim?

Check-in

Viajar de carro: 5 coisas maravilhosas em pegar a estrada

2 de junho de 2019

Sempre viajei de carro. Meu pai viajava muito a trabalho pelo interior de Rondônia e Acre, e costumava levar a família toda junto. Também fomos algumas vezes para São Paulo, visitar a família. Nem sei como eles conseguiam viajar 3 dias de carro, com uma criança (eu) e um cachorro dentro de um carro. Eu e minha irmã nos jogávamos no banco de trás, iamos brigando de um ponto ao outro, enquanto meu pai colocava o cd dos Beatles e minha mãe reclava da música. Viajar de carro em família sempre foi divertido e adoraria repetir mais vezes. Por isso, a saudade me fez criar uma lista das coisas que mais amo em viajar assim. 

Continue Reading

Popcorn

Bandidos na TV: eis que o Norte vai parar na Netflix

1 de junho de 2019

Gênero: documentário;
Direção: Daniel Bogado;
Sinopse: Ele matou para aumentar a audiência, e usou o próprio programa de TV para encobrir a verdade. Conheça essa sinistra história real nesta série sobre assassinatos, poder político e um império do crime. A série documental é baseada na trajetória do ex-deputado estadual pelo Amazonas, Wallace Souza. Wallace comandava, junto com o irmão Carlos Souza, um programa de TV que abordava casos policiais. Posteriormente, ele foi acusado de ser chefe de uma facção criminosa e de ordenar morte de traficantes rivais para exibir em seu próprio programa. (Filmow)

Continue Reading

Rédestaca

Maio: cabelo novo, tatuagem nova, vida nova!

31 de maio de 2019

Olha a gente por aqui de novo! Esse mês estivemos mais ausentes do que nunca, o que não faz muito sentido já que o blog completou 7 anos e deveriamos estar aqui comemorando até agora. Mas, sendo bem sincera, já tem texto aqui no blog explicando nosso sumiço e como as coisas vão mudar muito em breve. Se você ainda não sabe, clica aqui para ler! Só que, maio também foi um mês de momentos maravilhosos para várias de nós. Mila e Patrine estão mais tatuadas do que nunca. E a Mila chocou todos quando apareceu loirissíma! Esses pequenos registros mensais nos fazem ver como mudamos muito em pouco tempo. Como conhecemos coisas incríveis, que as vezes esquecemos. E como sempre, sempre mesmo, tem um novo dia te esperando. 

Continue Reading

Acesso Hallyu

Noona Romance: saiba mais sobre esse tipo de k-drama

26 de maio de 2019

Para quem não conhece, noona romance nada mais é do que um relacionamento entre uma mulher mais velha e um homem mais novo. Portanto, esse tipo de k-drama parece ter ficado mais popular principalmente no último ano, após o sucesso de Something in the Rain.  O post apresenta dois k-drama mais atuais e fresquinhos para quem quer conhecer esse estilo de romance.

Continue Reading

Jukebox

Trilha sonora: Someone Great (2019)

24 de maio de 2019


Someone great é um dos queridinhos do momento na Netflix. A trama acompanha Jenny, uma jornalista que está indo embora a trabalho e seu namorado acaba o relacionamento que parecia perfeito. Nas 24h seguinte, com a ajuda das amigas, Jenny explora New York em busca de curar as feridas deixadas pelo fim do relacionamento. Sendo assim, boa parte do filme gira em torno de sexo e drogas. Mas, a trama foca nesse processo de auto-cura e na diferença que a amizade faz na vida das pessoas. Portanto, se você vai se jogar na noite com as amigas ou vão curtir uma boa e velha festa do pijama, é provável que o soundtrack de Someone Great seja o que vocês precisam. 

Sendo assim, Someone Great fica devendo apenas o rock n’ roll, no tradicional “sexo, drogas e rock n’ roll”. Afinal, a trilha sonora do filme conta muito mais com indie e eletrônico, do que qualquer outra coisa. Tem resenha disponível, é só clicar

Continue Reading

Azar Crônico

Rébirthday: reformulando 7 anos de história

23 de maio de 2019

Hoje acordei e tinha uma mensagem da Gio, falando que ela quer dar uma reformulada na Acesso Hallyu, mas ainda não descobriu como. Esse mesmo diálogo já aconteceu, uns dias atrás. Só que, naquele dia, a conversa era com a Mila. Na verdade, na verdade mesmo, estamos todas passando por processo de mudanças internas. Descobrindo novas paixões e mudando nossas rotinas. E, consequentemente, os assuntos que falamos, acabam precisando passar por mudanças também. Achei que essa era a melhor forma de começar o Rébirthday de hoje. Bem assim, explicando que estamos mudando daqui para a frente.

Continue Reading

Patrinando

Jaloo: cristal paraense do pop

21 de maio de 2019

Não sei como exatamente comecei a ouvi-lo. Talvez por ter lido muitas vezes o nome dele aparecendo na minha timeline do Twitter ou nos stories do Instagram printados do Spotify. Mas lembro como foi o impacto de começar a escutar Jaloo. Fiquei extremamente surpresa. Leveza, letras certeiras e poéticas e ritmo dançante. Tudo isso não deixando de lado as influências rítmicas da terra natal, Pará.

Continue Reading