Récomenda

Sala de Leitura Ojuobá: Lugar mágico perdido em Porto Velho

17 de dezembro de 2017

Quando você ama livros e cresce em uma cidade em que é possível contar nos dedos o número de pessoas que gostam de ler, tudo é mais complicado. Fazer amigos e achar lugares que ofereçam livros por baixo custo, tornam-se tarefas quase impossíveis de realizar. Ao longo de toda a minha formação, tive sorte de meus pais sempre investirem em livros para mim. Mas, sempre sonhei em encontrar um lugar em que eu pudesse fazer amigos com os mesmos gostos e pudesse ler a vontade. Quase como uma biblioteca mágica. Infelizmente, quando encontrei a tal biblioteca mágica, a infância já tinha me escapado. 

Pode parecer loucura, mas escondida no fim de uma rua, num bairro central de Porto Velho, dentro de uma garagem, existe uma biblioteca mágica. A Sala de Leitura Ojuobá. E, como todo lugar mágico, existe um adulto responsável, tão mágico quanto o lugar. Lá, contamos com a supervisão de Rita de Cássia. O nome é de santa e a energia é de uma fada madrinha. 

Sala de Leitura Ojuobá:

Criada em uma garagem, no bairro Arigolândia, a Sala de Leitura Ojuobá funciona três vezes por semana. O local incentiva a leitura e estimula a imaginação dos pequenos frequentadores, através de desenhos e rodas de contos. As crianças, que frequentam o espaço, ganham “Aimirins” em troca das atividades que realizam, como pinturas e livros lidos. Os Aimirins são pontos, que funcionam como dinheiro. E, todo fim de mês, é realizado um bazar em que as crianças podem trocar os pontos arrecadados, por brinquedos, materiais escolares e outros prêmios. Anualmente, a Sala de Leitura Ojuobá realiza a festa junina e a festa de Cosme e Damião. Inclusive, também realizam a de Cosme e Damião em uma escola na zona rural da cidade. Levando doces e atenção para as crianças que estudam lá.

Enfim, o espaço é cheio de vida, estantes lotadas e desenhos por todos os lados. É um local rico em aprendizado, amor e dedicação. Sem contar os sorrisos mais puros do mundo!

A fada madrinha:

Quando você chega na Sala de Leitura Ojuobá, é recebido com um enorme sorriso da criadora do local, a Rita de Cássia. Como eu já disse, ela tem uma energia mágica, como uma fada madrinha. Há anos acompanho o trabalho que ela realiza no lugar e, posso dizer sem dúvida alguma, é de pura dedicação. Cássia fez aula de música, para poder ensinar as crianças. Fez aulas de libras, para receber melhor as crianças com deficiência auditiva. Cássia ama cada uma das crianças que frequentam o lugar. E, ao mesmo tempo que dá tudo o que pode, também sabe a hora de dizer não e ensinar as lições que elas precisam aprender para serem pessoas melhores no futuro. Seus olhos brilham com cada evolução dos pequenos. Cássia é a luz daquele lugar mágico. 

Onde e quando:

Se você quiser frequentar a Sala de Leitura, ou contribuir de alguma maneira, pode ir até lá nos seguintes dias e horários:

Endereço: R. Major Amarante, 1303 – Arigolândia;

Dias e horários: Quarta e sexta-feira – das 18h às 20h / Domingos – das 16h às 18h. 

Você também pode acompanhar a Sala de Leitura Ojuobá no facebook, clicando aqui.

Espero que você se encante com esse lugar mágico, tanto quanto eu! <3 E vamos torcer para que mais lugares assim sejam criados. 

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Projeto "Ler +1": Grupo Rede Amazônica arrecada livros | Ré Menor 17 de julho de 2018 at 17:07

    […] Rede Amazônica está de parabéns por se posicionar sobre o assunto. Aliás, vale ressaltar que a Sala de Leitura Ojubá, aqui em Porto Velho, também merece destaque. Afinal, é uma biblioteca comunitária para […]

  • Comente aqui: