Popcorn

Um momento pode mudar tudo: eu esperava mais

13 de outubro de 2018

Gênero: drama;
Ano: 2015;
Roteiro: Shana Feste, Michelle Wildgen, Jordan Roberts;
Direção: George C. Wolfe;
Sinopse: Bec (Emmy Rossum) é uma universitária meio perdida, que está se relacionando com um professor casado e perdendo o interesse no seu futuro acadêmico. Ela começa um novo trabalho, cuidando de Kate (Hilary Swank), uma mulher que sofre de uma doença terminal. Aos poucos, a jovem vai aprendendo a aproveitar o mundo, mas acaba se afastando cada vez mais da sua antiga vida. Baseado no livro de mesmo nome, escrito por Michelle Wildgen. (Filmow)

No filme Um momento pode mudar tudo, a maravilhosa Hilary Swank interpreta Kate, uma pianista que é diagnosticada com Esclerose Lateral Amiotrófica. Ou seja, em pouco tempo Kate perderá todos os movimentos do corpo. Dessa forma, a vida de Kate, que era perfeita aparentemente, começa a descer ladeira a baixo. Portanto, Kate vai precisar encontrar a cuidadora certa para lhe acompanhar nessa fase. Em paralelo, conhecemos Becky, a nova cuidadora da personagem principal. Uma estudante rebelde, que não tem muitos objetivos na vida e ainda é amante de um professor. 

Tinha tudo para ser um filmão

Bom, esse não é nem o primeiro e nem o último filme que você verá que alguém adoece. Muito menos de alguém que supera a doença com maestria. Então, talvez não seja a melhor opção quando você está procurando profundidade sobre os temas. O filme deixa tudo muito superficial, principalmente as relações entre os personagens. Nada ganha consistência. Apesar disso, Hilary Swank é incrível e não está diferente nesse papel. Se você não a conhece ou não lembra de onde a conhece, eu te ajudo! Hilary Swank fez Escritores da Liberdade e Menina de ouro. Talvez, a sua atuação seja a melhor parte do filme, carregando ele nas costas praticamente.

Gostaria que o filme tivesse tomado um foco menos batido. Talvez se seu casamento não tivesse ido para o ralo e ele tivesse sido uma pessoa fundamental para o desenrolar da doença. Achei interessante abrirem espaço para debater a doença, mas poderia ser melhor. O foco se perdeu quando deram mais atenção para a cuidadora, do que para a relação entre elas ou para a doença em si. Tinha tudo para ser um filmão, mas acabou igual a muita coisa que já vimos. Então, se você procura um filme profundo sobre esse assunto ou sobre a construção de uma amizade entre o paciente e o cuidador, veja Intocáveis! Mas, se você só quer passar o tempo, Um momento pode mudar tudo pode ser uma boa opção. 

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: