Favoritando

Jane the Virgin: 6 motivos para ver essa série maravilhosa

14 de novembro de 2018

Jane the Virgin é uma série americana, baseada em uma novela mexicana. A trama conta a história de Jane,  que é a filha perfeita, criada apenas pela mãe e pela avó. Ótima aluna, educada e, desde que sua avó teve uma conversa muito séria sobre virgindade, Jane se mantém pura. Esperando pelo dia em que vai encontrar o amor de sua vida e casar, é claro. Quando está para se formar e noiva de um policial maravilhoso, Jane é inseminada artificialmente. Enquanto, supostamente, fazia um exame ginecológico de rotina. Se a situação de ser uma grávida virgem não fosse complicada o suficiente, o dono do sêmen é um antigo crush e dono do hotel onde Jane trabalha. Entre todo esse dramalhão mexicano existe muita comédia, investigação policial e, principalmente, amor para todo lado. Para saber mais sobre a série, clique aqui.

Gina Rodriguez, eu sou sua fã de carteirinha!

Não poderia começar por outro item. Gina é a atriz responsável por dar vida a Jane. Ela foi a grande revelação da série, tanto que com apenas 3 meses de série no ar, Gina venceu o Globo de Ouro de melhor atriz de comédia. Ela é o tipo de personagem e de pessoa, que você quer como amiga. Além disso, sua beleza é bem diferente dos padrões. Incluindo seu corpo, que inclui um quadril largo e coxas mais grossas. Ela tem as melhores feições e um humor sensacional, impossível não amá-la. Sério. 

A série é puro equilíbrio

Só de imaginar a união de um roteiro drama mexicano com qualquer outro tipo de gênero, já me faz ter medo. Imagine se a combinação for comédia, investigação e o tal drama. Mas, por incrível que pareça, os roteiristas acertaram em cheio. A  série é toda bem equilibrada e, apesar de ter mais reviravoltas do que a gente possa acompanhar, prende a gente do começo ao fim. Não cai no mesmismo e inova sempre que dá. Só de lembrar, da vontade de assistir novamente a série inteira. 

Você quer mulheres fortes, @?

Já saiu um post aqui no blog sobre séries que contam com um time feminino incrível. Jane the virgin está entre elas, com certeza. Principalmente pelo fato de a série dar voz as mulheres. Ali são elas que mandam, esbravejam e decidem. Os homens ficam só esperando para ver o que vai dar. No time principal, temos Jane, sua mãe e sua avó. Uma sempre foi a errada por ter engravidado cedo e nunca parar em trabalho nenhum. Mas, por ter o sonho de ser cantora, Xiomara é o exemplo de não desistir nunca. Enquanto a avó criou duas, quase que sozinha, após o seu marido falecer. Tudo isso como imigrante ilegal nos Estados Unidos. Só posso pensar nela como a garra em pessoa. Jane é a junção perfeita das duas e, sua rival, Petra, não fica atrás.

Personagens cativantes que dão vontade de abraçar

Não é só a Gina Rodriguez que cativou a gente com seu sorriso enorme. A maioria dos personagens são tão bem construídos, cheios de camadas, que não tem como a gente desgostar. São personagens cativantes e bem gente como a gente. Ou como gente que a gente conhece. Como a avó super protetora, mas que faz de tudo pela neta. São personagens que não se apegam ao rótulo de bons ou maus. Pelo contrário, todos eles tem os seus momentos de bondade e vilania. Até a Petra, rival da Jane. São construídos com passado que afeta o presente. Definitivamente, prepare-se para querer guardar todo mundo num potinho! 

A história só é completa com o narrador

Pode parecer brincadeira, mas essa série não seria tão boa sem o narrador (e sem a Gina!). A trama inteira é narrada por um personagem que ainda não conhecemos. Mas, a voz é do Anthony Mendez. Aparentemente ele também é latino e sempre faz os melhores comentários, nas horas certas. São intervenções tão dignas de prêmio, que a série ganhou o Emmy, exatamente nessa categoria.

Amor acima de tudo

Como toda boa família latina, existem os arranca rabos. Os momentos de conflito. Mas, é impressionante a força que o amor tem nessa série. Não só entre as mulheres da família principal. Entre todos os personagens. Eles aprendem a conviver juntos, mesmo com essa história maluca de gestação fora de hora. Eles aprendem a se amar e apoiar a história um do outro. Aff, sou só amor pela trama!

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: