Jukebox

Trilha sonora preferida dos mortos vivos: iZombie

10 de agosto de 2018

O que você faria se, após uma festa, você fosse pego por algo muito pior do que ressaca. Imagine o que você faria se acordasse um morto-vivo. Em iZombie, foi exatamente isso que aconteceu com Liv. A médica, noiva de um cara perfeito, e toda certinha, detestava festas. Mas, após muito esforço dos amigos e do namorado, ela acabou cedendo. Dessa maneira, a festa acabou sendo muito mais “hard” do que eles planejaram. Quando Liv acordou, em um saco para cadáver, sua vida já estava de pernas para o ar. Pensando em proteger a família e o novo, de sua nova condição que está diretamente ligada ao fato dela querer se alimentar de partes humanas, Liv se afastou de todos.

Portanto, o noivado acabou, pediu demissão do emprego e passou a trabalhar em um necrotério da policia. Sendo assim, ficaria muito mais fácil para conseguir cérebros sem ter que atacar alguém vivo. Só que, o que Liv não esperava, é que seu colega de trabalho é um cientista muito observador. Ou seja, ele logo percebe que tem algo errado e descobre o segredo de Liv. Em paralelo, toda vez que ela se alimenta de um cérebro, ela acaba tendo visões sobre a vida e a causa da morte do falecido de quem está se alimentando. O que vai lhe render altas aventuras como ajudante da policia em desvendar os assassinatos. A série é ótima, mas a trilha sonora é ainda melhor. Sendo assim, nós queremos compartilhar essa trilha sonora, enquanto você lê mais sobre a série aqui

Stop, I’m Already Dead – Deadboy and the Elephantmen (Abertura)

10,000 Emerald Pools – BØRNS

Oh My God – Hollow Wood

Like Real People Do – Hozier

Retrograde – James Blake

Quer ouvir mais de iZombie? Então, ouça a playlist que preparamos no spotify!

Se você quiser ouvir mais, tem muitas músicas boas nessa trilha sonora. Portanto, acesse nossa playlist no spotify e ouça a trilha sonora completa de iZombie. São mais de 2h de muito indie rock, fowl e pop, especialmente para você!

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: