Favoritando

5 escritores brasileiros que nós amamos

10 de janeiro de 2018

Se pararmos para pensar na quantia de escritores novos e maravilhosos, não vai demorar para a gente começar a citar vários que já ganharam esse mundão, né? Stephanie Perkins, Rainbow Rowell, Jenny Han, David Levithan e muitos outros. Só que, você conhece alguns nomes da literatura brasileira? Não estou falando de Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, não viu? Estou falando dos autores atuais! Nós temos muitos escritores brasileiros incríveis e que precisam ganhar cada vez mais espaço. Por isso, confira os 5 escritores brasileiros que nós amamos e super recomendamos para você!

Mayra Dias Gomes

Sobre a autora: Escritora, colunista e repórter. Mayra é filha do dramaturgo Dias Gomes e da atriz Bernadeth Lyzio, além de afilhada dos escritores Jorge Amado e Zélia Gattai. O que lhe proporcionou crescer em um ambiente focado em cultura e entretenimento, através da literatura, do teatro e da televisão. De acordo com seu site oficial, “durante a infância suas atividades preferidas eram escrever e produzir roteiros e peças, e escrever músicas”.

Por que ler: Mayra Dias Gomes é uma escritora incrível. Capaz de abordar temas fortes de maneira direta. Seus livros não seguem caminhos fantasiosos, retratando a realidade e abordando temas difíceis. Criando curiosidade em qualquer adolescente. Fugalaça é o meu preferido e acredito que é o choque de realidade ideal para todo adolescente ler.

Fábio Yabu

Sobre o autor: Ilustrador, roteirista de histórias em quadrinhos, autor de livros infantis, criador das séries Combo Rangers, Princesas do Mar e Raimundo, Cidadão do Mundo. Em geral, seus livros tratam de temas como: cidadania, ética, meio ambiente e respeito ao próximo, pois são focados no público infantil. Porém, nada impede que os adultos curtam suas obras!

Por que ler: Fábio Yabu conheci o escritor em uma coletânea de contos de fadas escritos por diversos autores, O livro dos Vilões. Sua história retratava uma realidade diferente dos contos e a crueldade da vida de um lobo mau que paga todo dia pelos mesmos crimes. Sua fuga envolve uma reviravolta nas histórias que conhecemos e na criação de uma nova história. A escrita é incrível e envolvente, virou um dos meus contos preferidos sem dúvidas. Vale a pena acompanhar as escritas de Fábio Yabu. Inclusive tem resenha de A branca dos mortos e os sete zumbis aqui no blog!

Letícia Junqueira

Sobre a autora: De acordo com o “sobre” em seu site pessoal, Chá-tice, Letícia Simoni Junqueira é jornalista e artista gráfica. Além disso, “gosta de textos curtos, histórias compridas e conta sua vida – e a dos outros – em blog desde 2003”. Seu primeiro livro publicado é o “Chá-tice: discussões sem sentido a respeito de coisas que não fazem a menor diferença”. É, basicamente, um compilado das melhores postagens disponíveis no blog.

Por que ler: Ganhei de presente o Chá-tice de um outro autor, e amigo, Tiago Lobão. Letícia e seus textos deliciosos foram minhas companhias durante meu primeiro mochilão, aos 19 anos. Me identifiquei demais com quase tudo o que lia no livro. A Lê (por que agora somos amigas!) tem uma escrita leve, engraçada e verdadeira. Impossível não se divertir com essa leitura! Sem contar que ela é super acessível nas redes sociais, o que é ótimo! <3 Editoras, façam a Lê publicar mais livros, POR FAVOR!

Raphael Montes

Sobre o autor: Sabe aquela velha história de “menino prodígio”? Então, se tem algum menino prodígio nesse mundo, esse menino é o Raphael Montes. Seu primeiro livro, publicado aos 20 anos, é Suicidas. Atualmente, o autor tem 4 livros publicados, sendo eles: Suicidas, Dias Perfeitos, O Vilarejo e Jantar Secreto. Todos se encaixam nos gêneros de literatura policial e suspense.

Por que ler: Se você gosta de literatura policial, não pode morrer sem ler Raphael Montes. O autor domina muito bem esse gênero. Indico, inclusive, que você leia seus livros na ordem de lançamento e veja o quanto ele foi evoluindo entre uma publicação e outra. Todos os 3 primeiros livros (ainda não li Jantar Secreto) são impactantes e tiram o fôlego da gente. Sério, não dá para acreditar que foram escritos por alguém tão novo. Sem contar que esse não é um gênero muito popular entre os autores brasileiros, o que já se torna motivo suficiente para exaltar o talento do moço! Os meus preferidos são: Suicidas (com seu final destruidor) e O Vilarejo.

Thalita Rebouças

Sobre a autora: Além de ser a escritora brasileira que mais vende livros para o público adolescente, Thalita Rebouças também é jornalista. Com 22 livros publicados (se eu acertei nas contas), a autora fala sobre muitos tabus e problemas que passamos na adolescência (como bullying e baixa autoestima), com muita delicadeza e enormes doses de humor.

Por que ler: Que a Thalita está marcada pelo público adolescente, não temos como contestar. Eu, particularmente, li muito mais os livros dela durante a minha adolescência realmente. Só que a Thalita tem algo a mais na sua forma de escrever e retratar certos assuntos. Primeiro que eu acho sensacional o quanto ela tem o poder de incentivar a leitura em um nicho que só quer saber de internet. Segundo que ela fala sobre os assuntos mais constrangedores e problemáticos desse período da vida, de uma maneira engraçada e leve, fazendo a gente enxergar isso de outra forma. Ainda leio seus livros, com menos frequência atualmente, e amo. Super recomendo. Meu preferidos são: Fala Sério, Mãe! e Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática.

Ainda faltou vários nomes aqui. Como Paula Pimenta, Bruna Vieira, Tiago Lobão, entre outros. Que tal fazermos uma segunda edição com a ajuda de vocês? Conta aí nos comentários quais são os escritores brasileiros favoritos e o por que devemos ler, beleza?! <3

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Dia do escritor: 6 livros de autores brasileiros | Ré Menor 26 de julho de 2018 at 17:41

    […] em todos as grandes obras, feitas por diversos escritores incríveis, nós escolhemos enaltecer os brasileiros. Por muitos motivos. Primeiramente, existe muito escritor talentoso no nosso país. Que, verdade […]

  • Comente aqui: