Azar Crônico

A paz que você me traz: curando relacionamentos abusivos

4 de abril de 2019

Nos despedimos mais uma vez, mas dessa vez foi diferente. Doeu mais. E sempre que dói tanto assim, eu descarrego assim, escrevendo. Mas, eu não vim falar da dor. Eu vim lhe agradecer. Você sabe. Já são 5 anos, conhecendo e entendendo como minha cabeça funciona. Então, você sabe. Talvez, o que você não saiba, é a quantia de paz que você me traz. O sossego que a minha alma sente, só de ter você ao meu lado. A calmaria que invade meu coração só de te ver sorrir. E, mais ainda, quando te vejo sorrir por realizar um sonho seu. Nossa, meu coração explode de alegria. Eu tive experiências tão negativas sobre o amor, que hoje, a paz que você me traz é inabalável. Você curou feridas tão profundas, que cheguei a achar que jamais iriam sarar. Você me libertou de todos os medos que o último relacionamento deixou.

Ah, meu bem, como sou grata. Por que, como a paz que você me traz, nada se iguala. Andei tão fora do eixo nos últimos meses. Mas, foi só você chegar, que o mar bravo se acalmou em meu coração. Parece que só de você me por em seus braços, todos os sentimentos voltam para o lugar de onde nunca deveriam ter saído. Eu me sinto completa. Você me faz ser completa comigo mesmo. Por que você carrega admiração no olhar, quando nossos olhos se encontram. Ah, meu bem, se você soubesse o quanto faz falta, me levaria contigo sempre que precisasse ir. E eu não sei como demorei tanto tempo para perceber quanta paz você me traz. 

Curando feridas

Se meu coração gritou de dor, por todas as mágoas que deixaram aqui antes de ti, hoje ele berra de saudade. Pois sabe que poucas vezes na vida, vamos conhecer alguém que nos complete tão bem. Pois sabe que se hoje temos confiança o suficiente para sermos completos em nossa própria companhia, devemos a você. Por que todo o amor que eu tinha por mim, foi jogado no ralo, sem dó e nem piedade, antes de você chegar aqui. Você me apresentou a mim mesma. Me ajudou a reconhecer todos os talentos que eu tinha esquecido. Ou melhor, que eu nem sabia que existiam. Sendo assim, você me abriu portas e janelas. Me guiou por caminhos que eu jamais pensei em percorrer. Vibrou comigo, me impulsionou.

Portanto, meu bem, só me resta retribuir. E te aplaudir de pé todas as vezes que eu puder. Afinal, quero devolver para ti, a paz que você me traz. Queria poder dizer ao resto do mundo, que todas as feridas deixadas por relacionamentos abusivos podem ser curadas. Queria poder dizer ao resto do mundo, que existem pessoas como você, que são luz no fim do túnel. Que são cura para feridas internas. Que são aconchego para coração partido. Que são amor em tempos de ódio. Que são afeto e cuidado. Queria poder dizer ao resto do mundo que existem relacionamentos que somam, que te jogam para o alto. Mas, meu bem, talvez nem todos tenham a mesma sorte que eu tive, em te encontrar. Por que nada no mundo se igual a paz que você me dá. 

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: