Favoritando

Melhores do ano: 6 livros que li e amei em 2018

12 de dezembro de 2018

Todo santo ano eu ponho uma quantia cada vez maior de livros para ler no ano seguinte. E, cada vez leio menos. Acho que não é um problema só meu, né? Até por que, o mercado editorial está sofrendo bastante ultimamente, pelo fato dos brasileiros lerem pouco, infelizmente. Mas, ainda assim, sempre que consigo, eu estou lendo. Afinal de contas, toda semana tem resenha nova no blog e para isso preciso ler o máximo possível. 2018 não foi meu maior recorde de leitura, mas foi um ano com leituras muito marcantes. Portanto, escolher os 6 livros que li e amei esse ano foi bem difícil. Pior ainda foi colocá-los em uma escala, mas acho que consegui! Então, vem comigo conferir essa lista:

Nimona

Vou começar com essa história em quadrinhos mega fofa, que já estava na minha lista de futuras leituras há um tempão. Mas, com a ajuda do Infinistante, eu puxei a leitura para o topo e não me arrependi nem um pouco. Nimona é repleto de lições e deixa um buraco na nossa alma quando acaba. É gostoso de ler e a gente aprende muito sobre aquele velho ditado “quem vê cara não vê coração” ou “não julgue um livro pela capa”. Além de ter ilustrações lindíssimas e personagens encantadores. Só posso dizer que se você ainda não o leu, leia em 2019!

Para ler a resenha, clique aqui.

Poliana

Esse poderia facilmente estar em primeiro, se não tivesse sido um lugar tão concorrido esse ano. Mas, isso não desmerece a beleza da história da Poliana. Se você é o tipo que costuma dar muita importância para as coisas, se desespera por tudo, experimente ler Poliana no próximo ano. Com o jogo do contente, ela fala bastante sobre como precisamos ser gratos por tudo que conseguimos, mesmo que não fosse o nosso plano inicial. Também super recomendo para quem ama Anne with an E.

Para ler a resenha, clique aqui.

Mostre seu trabalho

Eu sou louca pelo trabalho do Austin Kleon e recomendo o tempo inteiro. Mas, esse livro teve um gostinho especial para mim, principalmente pelas situações que vivi no ano. Sempre fui muito envergonhada em mostrar meu trabalho e nunca divulgava nada. Depois de ler esse livro, comecei a me jogar mais e até a abrir mais o coração aqui no blog. E não é que tem dado resultado?! Foi um divisor de águas. Portanto, se você também tem esse medo de expor o que você faz, leia que vai ajudar muito! (E leia Roube como um artista também)

Para ler a resenha, clique aqui.

#Girlboss

Outro grande divisor de águas. Sophia é o tipo de mulher foda, que todas nós queremos ter como inspiração. Enquanto todos os professores achavam que ela seria uma zé ninguém, ela descobriu realmente o que gosta e lutou com unhas e dentes para chegar aonde está. 2018 é, definitivamente, o ano que me joguei de cabeça no empreendedorismo. Dessa forma, ler um pouco sobre a experiência de outra mulher que veio do nada e construiu um império foi fundamental. Leitura recomendada para todos, sem exceções.

Para ler a resenha, clique aqui.

Todo dia a mesma noite

Acabou com o meu coração sim ou com certeza? Esperei muito por esse livro, principalmente por ser de autoria da Daniela Arbex. A jornalista é maravilhosa e constrói uma narrativa como ninguém, então era uma leitura mais do que obrigatória. Foi bom ouvir mais sobre o caso da Boate Kiss, a partir de um ângulo mais empático com os pais, vítimas e outros personagens principais. É, de fato, um livro que exercita sua empatia e fala sobre descaso. Afinal de contas, alguns cuidados teriam evitado a morte desses jovens. Amo e recomendo para todos que tiverem coragem de ler esse relato fortíssimo.

Para ler a resenha, clique aqui.

O ódio que você semeia

Apesar desse primeiro lugar ter sido complicadíssimo de decidir, O ódio que você semeia me impactou de um jeito mais especial. Ele tem o poder de dar voz a um público que quase não temos oportunidade de ouvir. Além de, é claro, também falar muito sobre empatia e como não dá para julgar as pessoas sem viver a vida que elas vivem. Gosto de tudo nesse livro, principalmente pelo fato de ser uma ficção muito fiel a realidade. Gostaria de ter a chance de ler mais obras assim, que mexam comigo e me mostrem uma realidade que não é a minha. <3

Para ler a resenha, clique aqui.

Esses foram os livros que li e amei em 2018, mas também quero saber quais foram os seus. Conta aí nos comentários, por favor!

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: