Li, Gostei, Resenhei

13 segundos – Bel Rodrigues

24 de setembro de 2018

Autora: Bel Rodrigues;
Editora: Galera;
Páginas: 304;
Sinopse: O fim de um relacionamento é sempre um período difícil. Mas isso se intensifica quando você está no último ano do colegial e precisa decidir o que será do seu futuro. Lola sabe que a decisão foi o melhor para os dois, mas aquela saudade de alguém que estava sempre presente é inevitável. Agora, tudo que Lola quer é deixar isso para trás e focar em pôr a vida em ordem novamente. Se redescobrindo após um relacionamento que exigiu tanto dela e reavaliando suas prioridades. Estudo, amigos, família e o canto, sua maior paixão.

Com o corte do coral das atividades extras, a garota finalmente decide ouvir seus amigos e resolve criar um canal no YouTube para postar alguns covers, nada mais do que um hobby para substituir seu tão amado coral. Focada em não se relacionar seriamente e aproveitar as festas do último ano, tudo parece se alinhar quando Lola conhece John, um intercambista que busca exatamente o mesmo que ela: se divertir e criar memórias inesquecíveis.

Quanto mais as coisas mudam, mais a garota percebe como perdera seu tempo tentando salvar um relacionamento que já estava naufragado, e como agora ela se sentia genuinamente feliz com as pessoas incríveis à volta e seu grande hobby se tornando cada vez mais influente. Entre conselhos sinceros, noites quentes e provas do Ensino Médio, a única coisa que Lola não poderia prever era o quão rápido tudo poderia desmoronar. Em treze segundos, especificamente.

13 segundos: o primeiro livro da youtuber Bel Rodrigues

Esse post está indo ao ar quase dez da noite, por três motivos. 1- comecei a ler ele hoje de manhã; 2- e queria resenhar ainda hoje por causa do Infinistante de Setembro; 3- mas também por que eu não sabia mais como desgrudar do livro e só agora me dei conta de que horas são. Acompanhei um pouco do processo criativo dele através do twitter da autora, Bel Rodrigues. Sou mega fã dela e desde o momento que soube que ela estava escrevendo um livro, sabia que seria leitura obrigatória. Inclusive, acabei de terminar de lê-lo e ainda estou meio sem palavras.

Primeiramente, a trama gira ao redor de Lola, uma adolescente que está tentando recompor a vida após terminar um relacionamento abusivo. No entanto, mesmo que os amigos mostrem o quanto isso o tempo todo, ela nunca se deu conta do quanto foi abusivo. Mesmo após o fim do relacionamento. E esse é um dos pontos que achei mais legal no livro. Pelo fato da personagem não ter uma série de traumas e feridas abertas após o namoro. Até o clímax do livro, ela leva o término com muita naturalidade e vai tocando a vida do jeito que dá. Inclusive, ela chega a sentir que não quer um outro relacionamento por ainda sentir algo pelo ex. A Bel mostrou um outro lado do pós-término abusivo. E fiquei muito feliz de ver esse lado ali.

… o mundo só pode nos ofender se dermos esse poder a ele.

Por que me senti representada e vivi boa parte do que a Lola viveu nessa fase. Até a parte de tentar ser amiga do ex. Levei mais de um ano após o término, para poder entender tudo o que eu tinha vivido. E sei que tem muita menina que talvez só entenda após ler o 13 segundos. Não que esteja errado retratar meninas e mulheres que saem dilaceradas desses relacionamentos. Pelo contrário. No fundo, todas saímos. Mas, nem sempre nos damos conta. E, graças a Deus, atualmente existe muito conteúdo que fala sobre relacionamento abusivo.

Só que em geral sempre foca naquela vítima que saí com marcas internas e externas. Portanto, o fato de a Bel ter focado nas vítimas de abuso psicológico (além de outras coisas que não vou falar para não dar spoiler) é fundamental para que exista mais conteúdo acessível sobre o assunto. Que previna outras meninas/mulheres de passarem pela mesma situação. Além disso, o livro mostra o pós relacionamento. E não o relacionamento em si. Enfim, para mim esse foco foi o ponto de ouro do livro.  

Muitos motivos para amar 13 segundos

Se você acompanha o blog há algum tempo sabe que amo livros que fazem referências a outros livros, ou a músicas e filmes. Então, em 13 segundos, por Lola ser cantora, tem muita referências a músicas. Desde no inicio dos capítulos até em outros pontos chaves da história. Acredito que não compense falar muito mais sobre o livro, pois não quero estragar toda a essência dele. No mais, garanto que a maior parte dos personagens são apaixonantes. E todos eles são bem reais. Até nas piores partes dos seres humanos, infelizmente. Além disso, a história é bem amarrada e termina com gostinho de quero mais. A única coisa que me incomodou, foram os nomes de alguns personagens que achei muito americanizado. E a escola que eles estudam também. Mas, não sei se as escolas em Curitiba são realmente como no livro. Não duvido! 

Sei que a Bel ainda tem muito o que crescer como escritora, mas foi uma grande estreia. Me prendeu do inicio ao fim e já estou ansiosa pelos próximos livros. <3

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: