Favoritando

Rébirthday: 6 séries que marcaram a minha vida #1

9 de Maio de 2018

Nesse mês de aniversário do blog, nós queremos compartilhar um pouco sobre a equipe responsável por isso aqui. Assim você pode conhecer um pouquinho mais da gente e, se quiser, pode compartilhar um pouquinho mais sobre você nos comentários também! Como somos fanáticas por seriados, resolvemos separar 6 dos nossos preferidos. Portanto, hoje eu, Êrica Blanc e criadora do blog, vou compartilhar as 6 séries que marcaram a minha vida e o motivo. Mas, é claro que se deixar essa lista fica muito maior. Logo, eu poderia citar: 13 reasons why, Anne with an E, Finding Carter, entre vários outros. 

Por outro lado, esse post ficaria enorme e você nunca mais sairia daqui. Dessa forma, eu optei por séries que marcaram pelo contexto da trama e que me fizeram refletir por muito tempo. Chega de enrolação, confira a lista:

The Fosters (2013)

Sinopse: Produzida pela cantora e atriz Jennifer Lopez, The Fosters mostra os desafios e alegrias de uma família composta por duas mães, que criam filhos adotivos junto com um filho biológico. O casal vê sua família, que já é grande, virar de cabeça para baixo quando adotam mais uma garota difícil de lidar. Uma das mães é uma policial e a outra é uma vice-diretora de escola particular. Elas têm um filho biológico e já tem adotados um casal de adolescentes gêmeos. (Filmow)
Por que marcou: The Fosters é muito delicada e aborda questões incríveis, de uma maneira muito natural. Como um casal de lésbicas, sendo que uma já foi casada, e os problemas do sistema de adoção. Essa sensibilidade para retratar algumas dessas situações, é o que mais me marcou. Caso você queira ler a resenha, clique aqui.

My mad fat diary (2013)

Sinopse: Em 1990, a história acompanha a vida de Rae, uma jovem obesa de 16 anos que vive em Lincolnshire com sua mãe excêntrica. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, ela se vê jogada em um mundo no qual não se sente à vontade. Logo ela faz amizade com Chloe, uma jovem que não conhece o passado de Rae. Ela a apresenta para sua turma, que lhe acolhe à sua maneira. Sem perder o bom humor e sua crença no amor, Rae tem como principal objetivo perder a virgindade. Seu alvo é o jovem Archie. (Filmow)
Por que marcou: Acho que nem preciso explicar, né? Uma série, com uma garota gorda, que mostra o quanto isso não deve interferir na vida dela, como ela é incrível e importante para as pessoas ao seu redor, é impossível não marcar. Se você ainda não consegue esse amor de série, saiba mais clicando aqui.

Dexter (2006)

Sinopse: Valendo-se do fato de ser um expert forense em análise sanguínea e de trabalhar no Departamento de Polícia de Miami, Dexter, de um modo bem meticuloso e sem pistas, mata criminosos que a polícia não consegue trazer à Justiça. A série narra a trajetória de sua vida dupla por meio de flashbacks e, paulatinamente, vai desvelando diversos segredos dos personagens, criando um ambiente de constante suspense. (Filmow)
Por que marcou: Dexter foi a primeira série que eu viciei. Mas só se você não contabilizar aquelas que passavam no SBT mil anos atrás. Sem contar que me despertou o interesse pela mente humana, o que acabou me levando a ler e assistir várias outras coisas. Quer saber mais? Clique aqui

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Rébirthday: 6 séries que marcaram a minha vida #2 | Ré Menor 16 de Maio de 2018 at 13:31

    […] neste mês e estamos com diversas postagens especiais para vocês. Na semana passada, tivemos um post especial contanto quais foram as séries que mais marcaram a vida da Ê. Portanto, hoje vamos falar das […]

  • Comente aqui: