Tapa Virtual

Sobre ter um porto seguro para onde voltar

18 de Fevereiro de 2018

Sabe quantas pessoas existem no mundo (aproximadamente)? 7,6 bilhões. Pessoas dos mais variados tipos e vivem em diversos locais. E, às vezes, quando mais precisamos nós só queremos uma por perto. Todo mundo tem aquela pessoa que representa calmaria, um porto seguro para retornar quando a vida parece difícil demais. Eu tenho certeza que você já pensou em alguém e está sorrindo agora mesmo.

Mar calmo nunca fez bom marinheiro.

Todo mundo passa por dias ruins e tá tudo bem não aguentar a pressão sempre. Tá tudo bem se você quiser correr para o abraço de alguém no final daquele dia terrível no trabalho. Ficar enrolado no cobertor, comendo brigadeiro e vendo seu filme preferido pela milésima vez ao lado daquela pessoa especial. Porque todo mundo tem aquela pessoa que vai largar tudo e correr pra cuidar de ti quando você mais precisar. Todo mundo tem um porto seguro onde pode chorar e descansar.

Veja bem, não estou falando de relacionamentos apenas. Um bom porto seguro pode ser familiar, um amigo querido ou até mesmo o seu gatinho dormindo ao seu lado. O importante é saber que aquela pessoa está ao seu lado. Que ela te apoia e te incentiva quando você precisa ser melhor ou fazer algo ainda melhor. Alguém que conheça seu ponto fraco e que te ajude a derrotar ele nos momentos difíceis. Que lembre das suas qualidades quando você olha no espelho e só enxerga defeitos.

Algumas vezes, perdemos pessoas que foram importantes e ficamos perdidos. Mas, por experiência própria, quando uma pessoa vai embora assim… outras aparecem e desempenham um papel ainda mais importante em sua vida. Conhecer uma pessoa durante muitos anos não significa que ela será seu porto seguro pra sempre. Pois, às vezes, uma pessoa nova acaba nos conquistando e nos conhecendo muito mais do que aquela que cresceu ao seu lado.

É incrível ter uma pessoa com quem você sabe que pode contar sempre. Mais incrível que isso é ter esse papel tão importante na vida de alguém.

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: