Li, Gostei, Resenhei

O estranho mundo de Zofia e outras histórias – Kelly Link

24 de maio de 2012
O estranho mundo de Zofia e outras histórias


Nome: O estranho mundo de Zofia e outras histórias.
Autor: Kelly Link;
Editora: LeYa
Páginas: 253
Sinopse: Um livro maravilhoso, que ultrapassa os limites da imaginação! Que tal encontrar um mundo inteiro numa bolsa? Ou jogar pôquer com parceiros, digamos, apocalípticos? O livro que você possui nas mãos nada mais é do que o fantástico e mágico mundo de Kelly Link, uma das autoras mais consagradas da atualidade. Considerado o melhor livro do ano, “O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias” permeia os limites da imaginação dos que se permitem ser transportados a um mundo fabuloso, cheio de estranhas criaturas, coelhos, jogos muito estranhos, fantasmas, zumbis, feiticeiras, amores e heróis. Deixe-se levar pelas encantadoras histórias deste livro. Afinal, quem precisa de realidade? “O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias” é a prova de que sonhar define o tamanho do poder da criação. (Skoob)

Bizarro. Talvez essa seja a palavra mais simples para traduzir esse livro. Ou quem sabe, magnifico. Sério, é ótimo. Kelly Link mistura o normal e o estranho, de forma contraria e natural. O que é estranho, no livro é normal e vice-versa. Ao observar a capa, você julga o livro infantil, porém retrata de forma simples a sexualidade em alguns momentos, sem tabus ou proibições, não tão explicito quanto você imaginou agora.

Os personagens do livro são cativantes. Para quem gosta de uma boa fantasia, acho que é a leitura mais indicada. Ainda estou pela metade dele, porém já estou completamente apaixonada pela escrita da autora, ela detalha de forma clara e que lhe prende, não lhe cansa. Atrás do livro, você encontra alguns comentários sobre o mesmo. O que mais gostei foi o do New York Times: “Impossível tirar estas histórias da cabeça. Elas tem o poder de ressoar, sorrateiramente, até atingir o efeito desejado, o que é o produto de verdadeira mágica, e que a autora não tem dúvida em usar.”

 

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: