Li, Gostei, Resenhei

Livros extras de Harry Potter – J. K. Rowling

31 de julho de 2017

Livros extras de Harry Potter

Eu já li “Animais fantásticos e onde habitam”, “Conto de Beedle o bardo” e “Quadribol através dos séculos” há bastante tempo. Sempre fui muito apaixonada por esses livros extras de Harry Potter. Sempre achei que eles fazem toda a diferença na história, dando mais detalhes de um monte de coisas e tornando tudo mais completo. Fiquei muito feliz quando Animais fantásticos e onde habitam virou filme, com um roteiro muito legal. <3 E para quem ama Harry Potter, ter a chance de rever o mundo mágico, pelo menos um pouquinho, já é incrível, né?

Quando a editora Rocco relançou os três livros, com capas duras, numa encadernação de tirar o fôlego, quase morri. Sério. Então, resolvi falar um pouquinho sobre eles hoje e enaltecer essas caponas da porra!

Já li vários livros que falam sobre a série, tudo sobre os personagens e etc… Porém, nada como livros escritos pela diva Joanne, correto? Como todos são publicados pela Rocco e foram escritos pela J. K. Rowling (apesar dos pseudônimos), eu vou só detalhar as páginas, a sinopse e a resenha.

Quadribol através dos séculos

Livros extras de Harry Potter - Quadribol através dos séculos

Páginas: 108
Sinopse: Se você algum dia quis saber como surgiu o pomo de ouro ou por que o time dos ‘Vagamundos de Wigtown’ (Wigtown Wanderers) tem a estampa de um cutelo de açougueiro no uniforme, você precisa ler ‘Quadribol através dos séculos’ (Quidditch throught the ages). Esta edição limitada é uma cópia do exemplar guardado na Biblioteca Escolar de Hogwarts e consultado por jovens fãs do quadribol quase diariamente. (Skoob)

Sobre o livro: Para você que deseja, desde o primeiro livro, subir numa vassoura e perseguir um pomo de ouro ou, quem sabe, acertar um balaço: este é o livro certo. Logo na primeira folha já chamou minha atenção pela lista de alunos que o pegaram emprestado na biblioteca de Hogwarts e quando devolveram. Sem contar o aviso de Irma Pince:

Aviso: Se você remover folhas, rasgar, picar, vincar, dobrar, deformar, desfigurar, sujar, manchar, jogar, deixar cair ou de qualquer outra maneira danificar, maltratar ou demonstrar falta de respeito por este livro, sofrerá as piores consequências que eu puder lhe infligir.

Adotei esse aviso para a vida toda. Cada vez que empresto um livro, eu digo exatamente a mesma coisa.  O livro conta toda a história do quadribol, dos times, das bolas e etc, cheio de desenhos explicando cada detalhe. Realmente é um livro para você se aproveitar bastante e desejar que o esporte brasileiro vire Quadribol ao invés de futebol.

Os contos de Beedle, o Bardo

Livros extras de Harry Potter - Os contos de Beedle, o Bardo

Páginas: 108
Sinopse: Os contos foram traduzidos das runas originais pela personagem Hermione, a partir do velho exemplar herdado por ela. São cinco histórias de fadas diferentes entre si. Histórias populares para jovens bruxos e bruxas, contadas há gerações aos filhos à hora de dormir. Pouco se sabe do passado de seu autor, apenas que Beedle, o Bardo, teria nascido em Yorkshire no século XV e possuía uma longa barba; mas suas histórias foram passadas de geração em geração e têm ajudado muitos pais bruxos. Não muito diferente dos contos escritos para pequenos trouxas. (Skoob)

Sobre o livro: Os trouxas cresceram ouvindo as histórias como “Os três porquinhos”, “A bela e a fera” e “Cinderela”. Os bruxos cresceram embalados pelos Contos de Beedle, o Bardo. Sendo cinco contos (em ordem):

  • 1- O Bruxo e o Caldeirão Saltitante
  • 2 – A Fonte da Sorte
  • 3 – O Coração Peludo do Mago
  • 4 – Babbitty, a Coelha, e seu Toco Gargalhante
  • 5 – O Conto dos Três Irmãos

Com certeza é o mais popular dos três extras. No último livro da saga, Harry Potter e as relíquias da morte, ele é citado. Uma das histórias, O conto dos três irmãos, chegou a ganhar uma animação incrível no filme. Na minha opinião, é um livro lindo. Tão cheio de significados sutis, cheio de emoção. Faz com que a gente fique com o coração na mão. Apesar de “O conto dos três irmãos” ser o meu favorito, “O coração peludo do mago” me chamou bastante a atenção. Pois, o mago se recusa a ser dominado pelo seu coração. É forte e até meio dramático, mas igualmente lindo.

Animais fantásticos & onde habitam

Livros extras de Harry Potter - Animais fantásticos e onde habitam

Páginas: 92
Sinopse: Este exemplar lançado no mundo dos trouxas (não-bruxos) é uma duplicata do Animais fantásticos & onde habitam de Harry Potter, editado, inclusive, com notas informativas que ele e seus amigos fizeram à margem das páginas. Segundo Scamander, Animais fantásticos e onde habitam já está em sua 52ª edição e esclarece, entre outras dúvidas, o significado de animal para a comunidade mágica; fornece sua classificação; a percepção dos trouxas sobre esses seres; ensina como e por que mantê-los ocultos em hábitats seguros, desobediência esta que incorre em multa; e faz um histórico das normas impostas pelo Departamento para Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas do Ministério da Magia, ao longo dos séculos, para preservar as feras fantásticas e assegurar aos bruxos o prazer de apreciar seus poderes e beleza. (Skoob

Sobre o livro: Esse foi o livro que perdeu mais a sua essência de uma edição para a outra. A primeira tem o prefácio escrito por Dumblebore, que é muito legal!

Gostaria, ainda, de aproveitar a oportunidade para tranquilizar os leitores trouxas que as criaturas engraçadas aqui descritas são fictícias e não podem lhe fazer mal. Aos bruxos, eu digo simplesmente: Draco dormiens nunquam titillandus.
Alvo Dumbledore

E, como era um exemplar do Harry, é cheio de anotações, principalmente do Rony. Conversas entre os dois, nas páginas dos livros. Comentários engraçados sobre o que está escrito. Era um livro cheio de vida e super engraçado. Essa edição está mais “crua”. É o livro publicado pelo Newt e está intacto. Sem comentários e anotações. Entre o Quadribol através dos séculos e o Animais fantásticos e onde habitam, eu escolho esse. Eu gostei muito de saber mais sobre os animais do mundo mágico e as “explicações” que o livro dá para algumas lendas trouxas.

Os trouxas tem uma grande fraqueza por fadas que aparecem em uma variedade de contos escritos para suas crianças. Esses “contos de fadas” falam de seres alados com personalidades distintas e com capacidade de conversar com humanos (embora na maioria das vezes de maneira tão sentimental que dá náuseas).

Sobre a nova edição:

Apesar de alguns detalhes terem se perdido nessa segunda edição, eu gostei muito da proposta. Eu ganhei as versões avulsas, mas dá para comprar com um case “Biblioteca de Hogwarts” lindo lindo. As edições são incríveis, tanto por fora, quanto por dentro. <3 Definitivamente, é sonho de todo fã.

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: