Li, Gostei, Resenhei

Cilada – Harlan Coben

14 de junho de 2012
 Foto do livro Cilada - Harlan Coben
Nome: Cilada – Ninguém consegue escapar das próprias mentiras;
Autor: Harlan Coben;
Editora: Sextante;
Páginas: 272;
Sinopse: Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Harlan Coben mais uma vez deixa o leitor sem ar. Cilada fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Nada é o que parece e tudo pode ser desfeito até a última página. (Skoob)
Cilada conta a história de Haley McWaid. Uma adolescente como qualquer outra. Haley é uma aluna exemplar, ama esportes e não vê a hora de entrar para uma boa faculdade. Uma certa noite ela não volta para casa. Após três meses do seu desaparecimento, sem que nenhuma informação sobre ela apareça, todos na cidade começam a imaginar que Haley está morta.
Em paralelo, o livro também conta a história do assistente social Dan Mercer. O homem recebe um telefonema estranho de uma adolescente e vai ao seu encontro. Chegando no local, ele é abordado pela equipe de um programa de televisão, que anuncia Dan como pedófilo. Porém, o rapz é inocentado por falta de provas, sendo morto em seguida.
Na meio dessas duas tramas, encontra-se a repórter Wendy Tynes. A mesma que armou a cilada para Dan, sendo a única testemunha do seu assassinato. Wendy, como toda boa repórter, sempre se baseou nos fatos, mas algo lhe diz que Dan Mercer não era pedófilo. Agora ela precisa desvendar o mistério: desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente?

Harlan Coben é especialista em reviravoltas

É o segundo livro de Harlan Coben que eu leio, e realmente é um autor incrível, capaz de deixar qualquer um sem ar. O livro aborda temas como a culpa, o perdão e o luto.  Durante Cilada são tantas reviravoltas, tantas peças do quebra cabeça desaparecidas e, quando você achar que está desvendando a trama, vem uma peça nova e muda tudo. TUDO. Você não tem como saber o que vai acontecer sem antes chegar a ultima página, e por favor, espero que você não tenha mania de ler a ultima página antes de realmente chegar nela. Por que isso estragaria toda a magia do livro.
Como eu disse, são tantas reviravoltas, que você até começa a ficar cansado, meio desnorteado. Mas, quando você vai se aproximando das ultimas páginas, teu coração bate tão depressa, a vontade de terminá-lo é tão grande, vale a pena ler cada página.

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: