Popcorn

Hector e a procura da felicidade: que filme <3

28 de outubro de 2017

Gênero: Aventura, comédia, drama;
Ano: 2014;
Roteiro: François Lelord, Maria von Heland, Tinker Lindsay, Peter Chelsom;
Direção:  Peter Chelsom;
Sinopse: O psiquiatra Hector (Simon Pegg) está cansado de sua vida e dos problemas de seus pacientes. Ele, na verdade, se sente frustrado por não conseguir ajudar seus pacientes a encontrarem a felicidade. Com o incentivo da namorada Clara (Rosamund Pike), ele faz uma viagem sozinho ao redor do mundo, em busca de novas experiências. Durante a viagem, ele questiona as pessoas sobre o que as faz feliz e se dá conta que precisa questionar-se a si mesmo. (Filmow)

Antes de qualquer coisa, é importante dizer que Hector e a procura da felicidade não pretende ser um grande filme. Por ser um filme otimista e defender os princípios, pode até parecer meio bobo, meio ingênuo. Considerando que vivemos em um mundo cada vez mais descrente me boas ações. No entanto, o filme é leve, gostoso e cativante.

Hector é um psiquiatra de meia idade, que é todo certinho e tem uma vida muito satisfeita. Porém, de repente, se vê perdido. Desgastado na profissão, frustrado por não conseguir colaborar com os pacientes na busca pela felicidade. Até aqui, nada o difere de nós, jovens de 20 e poucos anos, perdidos em questões sobre o que fazer da vida, o quão feliz nós somos e afins.

Sua namorada, Clara, o incentiva a partir em uma viagem pelo mundo, a procura de respostas. E aí começa um dos pontos mais valiosos do filme: a representação de uma relação de confiança. De saber que o outro precisa buscar o próprio crescimento, e que isso não implica em um fim de relacionamento. Hector então sai à procura de respostas sobre o que é a felicidade. Ele começa a viagem pela China e vai passar por vários lugares, correr perigos, mas sempre buscando nas pessoas, que conhece pelo caminho, a resposta para sua maior questão. 

Lição n.º 7: O erro é acreditar que o objetivo final é a felicidade

Hector e a procura pela felicidade aborda diversas questões sobre a vida. Não apenas a felicidade. Aprendemos sobre aqueles relacionamentos que não tiveram, exatamente, um fim. Aprendemos sobre o amor, sobre a importância da amizade. Enfim, são muitas lições, subentendidas durante todo o filme. Sem contar todas as frases memoráveis que o filme traz, como cada uma das lições sobre a felicidade. 

Se você se sente perdido no momento, assista o filme. Se você adora filmes que nos fazem pensar mais. Filmes que abrem nossos olhos para coisas valiosas, que nem sempre percebemos, assista esse filme! Tenho certeza que, nos dois casos, vai ser de grande importância todos as coisas que Hector e a procura da felicidade nos ensina. 

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: