Li, Gostei, Resenhei

Contos Peculiares – Ransom Riggs

12 de Fevereiro de 2018

Autor: Ransom Riggs;
Editora: Intrínseca;
Páginas: 208;
Sinopse: O livro dentro dos livros, Contos peculiares é a coletânea de contos e fábulas citada ao longo da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares — o livro com as histórias que os jovens peculiares escutam sua protetora contar e recontar. Um menino que vira gafanhoto e foge com um grupo de gansos; uma princesa com língua de cobra à procura de um príncipe com quem se casar; canibais ricos que comem braços e pernas de peculiares que têm o dom de se regenerar são alguns dos personagens dessas narrativas que há séculos povoam o imaginário dos peculiares, oferecendo não apenas valiosas lições, mas também pistas para informações secretas, como a localização exata de certas fendas temporais, por exemplo.

Compilado por Millard Nullings, o menino invisível acolhido no lar da srta. Peregrine, o livro inclui surpreendentes comentários e notas, além de um desfecho alternativo para a tocante história do gigante Cuthbert, já conhecida dos leitores da série. Inusitado, surpreendente e divertido, Contos peculiares é ao mesmo tempo um delicioso complemento e uma porta de entrada para o rico universo criado por Ransom Riggs; um verdadeiro presente para quem não resiste à magia das boas histórias.

Contos Peculiares é uma compilação de histórias do folclore peculiar. Que foram organizadas por Millard Nullings, o garoto invisível de O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Os 10 contos são: Os esplêndidos canibais; A princesa da língua bifurcada; A primeira ymbryne; A mulher que era amiga de fantasmas; Cocobolo; As pombas (da Catedral) de St. Paul; A menina que domava pesadelos; O Gafanhoto; O garoto que podia controlar o mar; e A história de Cuthbert. Vale dizer que esses contos foram bem importantes no decorrer da trilogia, mas Contos Peculiares é um spin-off independente. Eu o li bem antes de ler a coleção e ficou visível a intenção do autor. Ransom Riggs o construiu de uma maneira que qualquer um conseguirá compreendê-lo. 

 “Prezado leitor,

O livro que você tem em mãos foi escrito apenas para olhos peculiares. Se, por acaso, você não pertence à estirpe dos anômalos (em outras palavras, se nunca saiu flutuando da cama no meio da noite porque esqueceu de amarrar a si mesmo ao colchão, se nunca soltou chamas pela palma das mãos em momentos inoportunos, nem mastigou a comida com a boca que tem na nuca), então, por favor, devolva imediatamente este exemplar à estante onde o encontrou e o esqueça. Não se preocupe, você não vai perder nada. Tenho certeza de que, caso lesse as histórias deste livro, apenas as acharia estranhas, aflitivas e nem um pouco do seu agrado. Além do mais, elas não são da sua conta.

Muito peculiarmente,

O editor

Durante as histórias, somos apresentados a vários tipos de peculiaridades. Peculiares que regeneram o próprio corpo, a primeira ymbryne da história. Além da princesa com a língua bifurcada e da menina que domava pesadelos, entre outras peculiaridades. Através da trajetória desses personagens, nós mergulhamos mais fundo no universo mágico construído por Ransom Riggs. E também nos ensinam valiosas lições. Para melhorar, no início de cada história temos ilustrações lindas, do maravilhoso ilustrador Andrew Davidson. E também temos Millard, nos enchendo de observações e detalhes em notas de rodapé, nos explicando melhor sobre cada conto.   

Na primeira resenha que fiz sobre essa coleção do Ransom Riggs, já tinha dito o quanto gosto da maneira como ele escreve. Mas esse é o meu favorito de toda a coleção. A maneira como ele deu voz ao Millard, durante o livro inteiro. Como põem o personagem para dialogar com o leitor e como constrói cada fábula… É sensacional. Adoro livros assim, diferentes, criativos. Cheios de anotações e detalhes que deixam a história ainda mais mágica. Sem contar as lições que Contos Peculiares traz. São abordadas nas entrelinhas dos contos, nos ensinando sobre amor familiar, amor próprio, os problemas de ser ambicioso, etc.

Contos Peculiares é daqueles livros que todo mundo precisa ter na estante. Mesmo que você não queira ler a coleção toda. Não só pelas mensagens que os contos trazem, mas também pela parte gráfica do livro. A edição da Editora Intrínseca está de tirar o fôlego. O livro é repleto de detalhes, de ilustrações e de significados. Sério, todo mundo precisa ter um livro maravilhoso como esse para chamar de seu. Contos Peculiares é o tipo de livro que alegra os fãs e que faz a gente querer ler e reler várias vezes. Tenho certeza que todos vão amar!!!

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui: